Revisão de pneu pode evitar acidentes de trânsito
168

visitas

Revisão dos pneus pode evitar acidentes de trânsito

Publicado por

  • 15 de maio de 2014

Mesmo sendo um dos itens que mais contribuem para a segurança nos carros, a revisão de pneus muitas vezes é deixada de lado pelos motoristas. O resultado dessa falta de atenção pode ser pior que do que se imagina. Além de ser multado por trafegar com pneus desgastados além do limite, o risco de causar um acidente é grande.

Os pneus absorvem todo o peso do carro, que por muita vezes ultrapassam a marca de uma tonelada. A tração e a frenagem também ficam prejudicadas quando o pneu está careca. Em pista molhada a situação é ainda pior, pois os sulcos da banda de rodagem são responsáveis por escoar a água da pista, e quando estão desgastados deixam de executar a função – pensando nisso várias empresas testam seus pneus novos em pistas molhadas e com curvas, como explica esse site de pneus Michelin. Quando isso acontece o carro pode ficar incontrolável na pista.

Por isso, é recomendado revisar os pneus, pelo menos, a cada 10 mil quilômetros rodados e fazer a manutenção necessária. Isso inclui a verificação do limite máximo de desgaste de cada pneu, que é de 1,6 milímetros. A marca numérica fica localizada entre os sulcos e trafegar com o veículo abaixo desse limite pode render multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira.

Rodar sem o estepe também pode acarretar em multa do mesmo valor e é importante que o pneu extra também tenha condições de tráfego, afinal ele serve justamente para substituir outro pneu em casos eventuais.

A manutenção também inclui o alinhamento das rodas e o balanceamento dos pneus, que devem ser feitos a cada revisão, ou seja, 10 mil quilômetros. Caso verifique que o carro esteja puxando para um lado, trocou algum componente da suspensão ou o veículo passou por um forte impacto, o procedimento deve ser antecipado.

Vale ressaltar ainda que se a sua intenção é de adquirir pneus novos, é importante verificar no Manual do Proprietário as indicações quanto ao tamanho e índices de carga e velocidade, além do modelo, estruturas e aplicabilidade – se o seu veículo for customizado, nesse post demos dicas de como escolher o melhor pneu para seu carro. A consciência ecológica também deve existir. Deixe os pneus velhos no revendedor, a fim de que sejam descartados de forma correta e não causem prejuízos ao meio ambiente.

Texto: Luccas Ribeiro

0 Total de comentários
0 Total de respostas a comentários
0 Seguidores destes comentários
 
Comentário com mais reações
Comentários mais quentes
novos antigos