3.954

visitas

Extreme Show no Beto Carrero: O maior espetáculo sobre rodas

Publicado por

  • 4 de junho de 2012

A evolução dos burnouts e das manobras radicais, somados a uma emocionante e divertida história, fazem desse, um dos maiores shows sobre rodas do Brasil.

Para conferir de perto o que nossos parceiros da Equipe Chicoloco estão fazendo no Beto Carrero World, passamos por lá em um final de semana desses. E já começamos bem, pois, todas as cidades de Santa Catarina ao entorno, desde Piçarras, passando por Penha onde está localizado o parque, até Navegantes e Itajaí, vale a pena cada momento e cada paisagem, um ótimo roteiro turístico para quem curte praias.

É grande a estrutura montada no Beto Carrero World para a atração, uma das principais do parque. O cenário é totalmente temático às notícias do Jornal Extreme, que exibe simultaneamente no telão as aventuras de duas famílias de diferentes “classes” com a mesma missão: comprar um bacalhau. De um lado o piloto Fão e do outro Chicoloco com seus comparsas, que se trombam no mercadinho do português e todos acabam se enfiando em grandes enrascadas, tudo com muito humor e interação, narrado ao vivo pelo locutor Fabiano Souza, que agita o público presente na arquibancada.

No total, a equipe é formada por 17 integrantes, dos quais Marcio Cabeça, Sergio Bolinha, Marcelo Cecé, Luciano Fão, Anderson Chicoloco, Jonas e Ganso, fazem parte dos pilotos dos carros e caminhões. E nas motos, fazendo um show de wheeling estão os pilotos Denis Mobra, Leandro Boca, Bruno Curitiba e André Z. Todos com suas máquinas revisadas e preparadas pelos mecânicos Beto, Fran, Nonô e Jean Borracha.

As apresentações estão cada dia melhor e mostram que, os pilotos dos Gols e Voyages turbinados de tração traseira, além das motos e dos caminhões, agora fazem uma apresentação de nível internacional, com muita técnica e segurança. Mas, as fumaças dos pneus, explosões e manobras radicais não faltam na arena do Extreme Show, porém, agora surgem com novas surpresas.

Conhecemos também o “QG” da equipe, além de todo o esquema de segurança e preparação dos pilotos antes de cada apresentação. Nos boxes, a produção do evento está sempre preparando novidades para os visitantes e cuidando dos nossos amigos que fazem esse espetáculo sobre rodas.

E a emoção continua, pois, além de todas as atrações encontradas no parque, os visitantes ainda podem ter o sonho realizado de andar em super esportivo, isto por que, é possível alugar carros como Ferrari, Camaro, Porsche, entre outros, que fazem sucesso pelas ruas e que agora poderão fazer com você no piloto.

Quem gosta de carro poderá também andar nas pistas de kart, sendo que, uma delas é acessada dentro do parque, ao lado da arena do Extreme Show e a outra (nova pista maior e profissional), com acesso pela lateral, onde são realizados campeonatos com as presenças de grandes ídolos do automobilismo.

A indústria do divertimento do Beto Carrero World promete ainda mais novidades, pois, está sendo construída uma pista de nível gringo para o famoso Freestyle Motocross, onde será realizado um dos maiores campeonatos já visto em nosso país, outra atração que promete!

Agora sabemos que, quem gosta de carro forte gosta de adrenalina, então desafiamos usar brinquedos como FireWhip, Montanha Russa Dum Dum, Torre do Terror e Big Tower de olhos abertos… Coragem amigos, estamos torcendo por vocês! Adrenalina 100% garantida.

Fica a dica! Junte seus amigos e compareça em peso, pois é diversão na certa. Não perca os shows durante o dia e a noite nos demais setores do parque. E detalhe, tudo pode ser visto pelo alto, já que o passeio de helicóptero também é parte das atrações. Onde, só para o automobilismo são dedicados cerca de 30 mil metros quadrados. Vai perder?!

Mais informações acesse: www.betocarrero.com.br

Extreme Show no Beto Carrero World
Fotos: Michael Bazzarello


1 Total de comentários
0 Total de respostas a comentários
0 Seguidores destes comentários
 
Comentário com mais reações
Comentários mais quentes
novos antigos
Pardo
Pardo

Gostei do sistema de tração traseira que eles fizeram nos G5, com certeza se basearam no sistema do Chevette com o eixo cardã ligando o motor as rodas traseiras.