bmw_driver_training_pneu_phantom_pirelli_19
2.306

visitas

BMW Driver Training: Pilotagem de risco

Publicado por

  • 26 de agosto de 2011

Quem nunca passou por uma situação de risco ao volante? Seja durante uma frenagem de emergência, pista molhada, aquaplanagem ou um desvio de última hora, pelo menos com uma dessas armadilhas do destino já enfrentamos. AutoCustom foi aprender com os instrutores do BMW Driver Training como se livrar uma situação dessas | Por Rodolfo Parisi.

bmw_driver_training_pneu_phantom_pirelli_17

Sempre que entro em um carro, lembro de uma frase que meu pai dizia quando ainda era pequeno e estava aprendendo os primeiros passos para dirigir: “Filho, preste atenção, o carro é uma faca de dois gumes. Quando você menos espera, ela pode te surpreender”.

Cresci com isso na cabeça e aprendi, na prática, que muito do que ele dizia era verdade, afinal, nem sempre podemos contar apenas com nós mesmos durante uma pilotagem. Muitos fatores como pistas molhadas, pisos escorregadios, motoristas sem preparo, podem tornar o simples ato de dirigir, em um verdadeiro pesadelo.

E para enfrentar situações como essas, com o máximo de calma possível, que existe o BMW Driver Training, um curso de pilotagem oferecido pela BMW do Brasil em parceria com a Pirelli que tem o objetivo de instruir motoristas em situações de risco durante pilotagem.

No último domingão (21/08/11), lá pelas 7 horas da manhã, o site AutoCustom foi convidado a participar do Curso Básico de pilotagem do BMW Driver Training para, além de aprimorar nossas técnicas de direção, também tomar conhecimento da real importância de pneus de alta performance com a apresentação do Pneu Phantom Pirelli, desenvolvido no Brasil pela equipe de engenharia e desenvolvimento da marca.

O curso ministrado pelo piloto Cesar Urnhani, que há 15 anos é piloto de testes da Pirelli teve o intuito de mostrar todas as características do pneu Phantom, em conjunto com a BMW 325i em situações de risco como aquaplanagem, pisos molhados e frenagens com ou sem a tecnologia ABS.

“Muita gente não dá tanto valor aos pneus, mas se você for analisar, ele é o item principal de um automóvel. Não é à toa que na Fórmula 1 o jogo de pneus é o que determina a vitória de um piloto durante uma prova”, sentencia.

Pneu Phantom Pirelli

O curso básico promovido pela BMW no Brasil há dez anos é realizado no Campo Provas Pirelli, uma pista exclusiva da marca que existe no município de Sumaré (SP), desde o ano de 1988, contando com uma área de 200.000 m² (30.000 m² destinado só para a pista).

No local, empresas realizam diariamente testes de produtos para aprimoramento técnico e conhecimento de comportamento em situações reais de testes em trechos que simulam aquaplanagem, pisos de baixa aderência, entre muitos outros.

A convite da Pirelli, o site AutoCustom foi ao local para, além de pilotar as máquinas da BMW, também entender o motivo da criação do pneu Phantom Pirelli, criado, exclusivamente, para veículos customizados, uma vez que é construído em dimensões maiores, perfil baixo e uma camada de borracha que promete manter os veículos nas pistas durante uma chuva.

“De acordo com estudos realizados pela Pirelli, quase 90% dos veículos customizados sofrem acidentes em condições de baixa aderência. O motivo é simples, infelizmente, por falta de conhecimento as pessoas acabam colocando pneus maiores em seus carros e esquecem que isso faz com que eles sejam mais vulneráveis a aquaplanagem”, comenta Cesar Urnhani.

Segundo o instrutor a prática de trocar os pneus originais por outros maiores pode beneficiar o veículo no piso seco, uma vez que aumenta seu contato lateral, no entanto, em uma condição de chuva isso vai contra o automóvel, pois seu centro maior, faz com que o carro fique sujeito a flutuar, provocando muito mais acidentes. O correto, de acordo com o piloto, seria aumentar o peso do veículo para que tudo entrasse em equilíbrio, no entanto, seria um trabalho ainda maior.

E foi para esse público que o pneu Phantom Pirelli foi criado, visto que além de contar com dimensões maiores – será vendido no Brasil entre as medias 15, 16 e 17”, chegando aos aros 18”, 19” e 20” até o ano de 2012 – também tem um perfil mais baixo, ideal para quem gosta de customizar seu carro.

O pneu foi construído com duas canaletas e uma borracha central que tem a função de manter o veículo no chão e escoar a água por meio dessas aberturas criadas no modelo.

Em nossos testes percebemos a diferença ao utilizar o novo composto Phantom que chegará ao mercado na mesma faixa de preço dos modelos esportivos dos concorrentes, com a vantagem de durar até 70.000 km, segundo os engenheiros da marca.

BMW Driver Training

A segunda parte do dia foi realizada no Campo Testes Pirelli a bordo de uma BMW 325i. Ao longo do dia, enfrentamos diversas situações de risco utilizando o veículo com ou sem ABS.

Em nosso primeiro teste, avaliamos o comportamento do carro em uma frenagem a 60 km/h aumentando gradativamente até 80 km/h primeiramente com o ABS desligado e, posteriormente, com o equipamento acionado. A diferença de comportamento é tão grande que depois de duas acelerações você começa pensar duas vezes se compensa ou não ter um carro sem o equipamento.

Logo em seguida a esse teste, fizemos uma atividade semelhante, porém, com o BMW 325i em uma situação de baixa aderência, tendo um lado da pista revestido por cimento e outro com paralelepípedo. Preciso contar o que aconteceu quando o ABS estava desligado? Exatamente! Rodamos 180º e tivemos a real sensação de perceber o que é estar dentro de um carro sem qualquer ação que pudesse evitar uma catástrofe.

O terceiro teste do dia é daqueles que todo apaixonado por carro sonha: DRIFT. Em um ambiente fechado e seguro (não vá tentar isso na rua), andamos em círculo de cones com o controle de tração do veículo acionado. Honestamemte, o sistema da BMW é tão espetacular que você pode pisar até o fim no acelerador que o carro não sai da rota. É realmente surpreendente.

Porém, na seqüência enfrentamos algumas emoções quando o sistema era desligado. Rodar na pista era o mínimo que observávamos, no entanto, após algumas dicas do Cesar Urnhani, tirando o pé do acelerador e jogando a direção levemente para o lado contrário, começamos a entender porque 1 em cada 1 “piloto de rua” sonha em fazer o famoso drift. A sensação é inimaginável, você ver seu carro há 60 km/h brigando para sair de traseira e não conseguindo não tem preço.

O curso realizado também deu a oportunidade de analisar o comportamento de um veículo em situações de aquaplanagem e saber como agir em determinada situação. A dica: não mexa em nada. Como o próprio Cesar disse: “pensa que a poça de água é muito pequena, na hora podemos entrar em pânico, mas passa tão rápido que você agradecerá se não tiver movido um dedo sequer, pois o risco de acidente é muito grande”.

Feito esse teste partimos para o último treino antes da prova final, onde aprendíamos a desviar de um obstáculo usando todo o conceito dos outros treinos.Vínhamos com o carro a 80 km/h, freávamos no início da barreira de cones e tínhamos que saber o exato momento para retirar o pé do freio, acertar o volante para o lado e tirar o veículo do obstáculo que começava a ficar próximo. O detalhe: tudo isso sem o ABS. Imagine desviar de alguma coisa pisando em dois sabonetes. Foi exatamente isso que passamos, mas deu tudo certo!

A parte final do nosso dia foi uma prova de slalom entre todos os participantes do curso, onde tínhamos que aplicar todos os conceitos aprendidos no dia para conseguir completar a prova no menor tempo possível. O campeão, se ficasse dentro do tempo de 23,05s conseguiria uma vaga para o Curso Avançado da BMW.

Infelizmente AutoCustom não conseguiu completar o percurso no tempo ideal (calma, ninguém conseguiu), no entanto, ficamos entre os cinco primeiros com um tempo de 25s21. Nada mal para quem teve apenas três tentativas. Fica pra próxima!

Conclusão

Uma coisa é fato, depois de 8 horas de treinos, concluímos duas coisas: ter um carro sem ABS é risco, no entanto, de nada adiantar ter todas as tecnologias se o carro não for equipado com um pneu de alta performance. E neste caso, o Phantom Pirelli dispensa comentários!

Texto e fotos: Rodolfo Parisi

2 Total de comentários
0 Total de respostas a comentários
0 Seguidores destes comentários
 
Comentário com mais reações
Comentários mais quentes
novos antigos
coyote
coyote

Curvar com BMW com controile de tração ate rubinho , quero ver curvar com uno , gol , fusca a 130 km

gerusa oliveira
gerusa oliveira

queria ser piloto de teste como faz
piloto muito bem sem mosdestiakk