25.197

visitas

Honda Civic VTi 1993 EG6

Publicado por

  • 6 de abril de 2010

Conhecido por quem gosta, como Civic EG6, esse panda foi um achado perfeito para o projeto do seu proprietário, que ao contrário da maioria que investe primeiro em muitos cavalos em baixo do capô preferiu cuidar a parte estetica e segurança do veículo.

San, como é conhecido pelos amigos, começou montar o carro iniciando pelos faróis projector com Xenon melhorando significativamente a iluminação original e lanternas Red Clear, porém hoje voltou para um visual mais limpo deixando somente os faróis de milha com Xenon 6k.

Em seguida instalou um jogo de rodas RS7 bronze com pneus nas medidas 205/40 e alguns detalhes originais difíceis de se ver em outros VTi’s, como o suporte da placa e o front lip. Os frisos, maçanetas e retrovisores foram pintados na cor do carro e os logotipos da Honda na cor vemelha na frente são originais do Type-R, já na traseira um vendido no mercado japonês que imita fibra de carbono, também na cor vermelha. O badge Si-R faz alusão aos EG6 vendidos em outros países, onde não se chamavam VTi.

Após muita procura o proprietário adquiriu um par de bancos esportivos na cor vermelha, originais dos civic Type R, um verdadeiro sonho de consumo dos entusiastas da marca no Brasil e no mundo. O console é um item raro trazido de fora, era opcional nos Civics do Japão apenas, completando com o apoio de braço entre os bancos e manopla de câmbio tambem do Type-R.

O motor permanece original por enquanto, somente com coletor 4×1 de inox, escape de 2,5″ que acaba em um abafador também de inox com saída de 4″, filtro de ar esportivo, mangueiras de silicone e cabos e velas mais frias da japonesa NGK.

A suspensão conta com molas japonesas TEIN S.Tech e os amortecedores ainda são os originais.

“Ainda falta muita coisa pra ser feita no carro, toda a parte de suspensão, com amortecedores Koni ou Tokico, com regulagem de pressão. Camber kit dianteiro e traseiro, barras estabilizadoras além das que já vem com o carro pra deixar ele bem amarrado. Na parte interna ainda falta terminar a forração das portas e do banco de trás em alcantara ou ultra suede, e os tapetes do civic Type-R, tambem vermelhos.

Depois fazer o upgrade de freios, e aí sim partir para motor, finalizando com um banho de tinta na cor championship white, original de algumas series especiais da honda. Não quero turbinar de qualquer jeito, quero peças top, pra acompanhar o restante do projeto”, diz San.

Alguns podem dizer que o carro é um autentico JDM made in Brasil, mas o dono discorda.

“Apesar dos adesivos preto no teto e no capô e de itens e peças japonesas, eu não concordo com esse rótulo. Pelo significado, JDM (Japan Domestic Market) são os carros do mercado interno japonês, fora daquele país passa a ser um estilo. Fora que carros considerados JDM de verdade tem motores bem fortes com toda a parte de segurança, como suspensão e freios refeitas, o que eu ainda não fiz no meu. Estou deixando o carro ao meu gosto, sem seguir um único estilo”, comenta San.

Texto: Fabio Chiqueto

7 Total de comentários
0 Total de respostas a comentários
0 Seguidores destes comentários
 
Comentário com mais reações
Comentários mais quentes
novos antigos
Rbt
Rbt

Só baixar maissss, e fica nice

Jospeh Housewright

I’m new to building internet sites and I was wanting to know if having your site title relevant to your content really that important? I notice your title, “MMA Fight Videos ” does appear to be spot on with what your blog is about however, I prefer to keep my title less content descriptive and based more around site branding. Would you think this is a good idea or bad idea? Any help would be greatly appreciated.

Heitor
Heitor

Meu deus q carro lindo!! vende pra mim!!! haha eu tenho um civic ex 2004 cinza escuro sedan AT, com essas rodas ai e rebaixado com molas red coil, mas eu queria mesmo era um vti hatch

Pardo
Pardo

Show de bola, aliás como todos os carros daqui desse site.

lincoln
lincoln

Ficou show de bola, onde conseguiu os bancos do Type R? Tenho um civic 93 hatch branco tb.

Abraços.